Postagens

Competências Socioemocionais

Imagem
A Educação Socioemocional deve ser abordada como uma virada pedagógica entendendo educação como sinônimo de construção, incentivo, motivação, criatividade e ousadia. Pesquisas revelam que alunos que têm competências socioemocionais mais desenvolvidas apresentam maior facilidade de aprender os conteúdos acadêmicos A geração atual está voltada para a transmissão das informações e do fácil acesso, deixando para escanteio a formação do ser. O professor tem um papel diferente, agora ele é como um curador e continua sendo essencial na vida de cada educando, para nortear o caminho daquelas tantas informações disponíveis na internet, na TV, no cinema e em todos os meios de comunicação. O número de informações que uma criança possui não importa se ela não tiver capacidade de direcioná-las na sociedade e no meio, por isso o educador deve mediar estas relações. Conhecer proporciona encontro de mundos. Um monte de tijolos para um profissional da área médica pode não representar nada, mas para um en…

Criar Filhos para o Mundo por Carla Baldnini

Imagem
Quando minha primeira filha nasceu eu ouvi isso de minha mãe: “Criar filhos para o mundo”.
Fiquei escandalizada, Carolina era um bebê tão indefeso em meu colo que eu me recusei a ouvir aquela voz que tinha ao mesmo tempo verdade e amor.
Pensei: Ela só pode estar brincando. 
Dois anos depois já estava nascendo a Júlia, minha segunda filha e minha mãe insistia: “mais uma para ganhar o mundo”.
Aí eu tomei coragem e disse: “Credo mãe, elas vão ficar aqui juntinho de mim. Você vai ver!!”
Bem, e hoje....... Carolina tem 20 anos, mora em Piracicaba, faz faculdade na Esalq -USP e leva a vida por lá. E muito bem por sinal.
E a Júlia...... ahhhh, A Julinha tem 18 anos, mora na Dinamarca e me diz que não volta mais para o Brasil. Agora, depois de muita angústia para elaborar isso, eu consigo dizer: “Que bom terei mais lugares para passear”.

Minha vida de mãe, psicóloga e diretora do Villa Lobos me ensinou muito, abriu meu coração e mudou meu olhar.
As relações num contexto familiar podem ser nocivas e s…

Volta às Aulas!

Imagem
A volta às aulas é um momento de muitas emoções. As crianças ficam agitadas e às vezes ansiosas para o primeiro dia.  Querem encontrar os antigos amigos, conhecer amigos novos, contar as novidades. O fim das férias também pode gerar sentimento de tristeza, algumas crianças podem entender como o fim do tempo de estar mais com pais e familiares. Não importa se a escola é nova ou não, sempre bate aquele friozinho na barriga para conhecer a turma e a nova professora. Por isso é muito importante os pais estarem mais atentos e conversarem sobre as novidades que o novo tempo vai trazer.  A conversa pode acalmar a ansiedade e os pais podem mostrar aos filhos as novidades que estão por vir, encorajando-os para o novo período educativo que pode ser prazeroso.
       A primeira semana de aula é fundamental, é neste momento que a criança é capaz de conhecer o espaço, os colegas e as regras da escola.



Uma nova fase sempre traz novos desafios e as novas exigências ajudam no amadurecimento.

     A vida …

Palavra da Diretora: Um Alerta aos Pais sobre o "Vício em Videogames"

Imagem
Os jogos eletrônicos estão cada vez mais avançados e reais. Não é difícil passar horas e horas na frente da televisão tentando melhorar as fases e ganhar cada vez mais pontos e bônus em jogos nos videogames. 
A facilidade também de ter em mãos um celular, independente do lugar e do tempo move muitos adolescentes e crianças a mergulharem durante horas infinitas nos jogos. 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou quinta-feira (21) que o vício em videogames poderá ser reconhecido como um transtorno mental a partir de 2018. O envolvimento excessivo nos jogos pode funcionar como um mecanismo de escape, e através dele evitar a convivência social, aliviar sentimentos inquietos e ansiedade, vivenciar prioritariamente o universo virtual em detrimento do real.
Os pais devem ficar atentos especialmente quando:
1.   Percebem que o assunto do filho é  jogar videogame muitas vezes ao dia; 2.   Fica muito tempo jogando e acaba esquecendo da vida real; 3.  Briga com familiares e amigos quando alertado…

Aula de campo como instrumento facilitador da aprendizagem

Imagem
Aqui no Colégio Villa Lobos, anualmente os alunos do 5º, 7º e 9º ano participam de um projeto de visita às feiras. 

Cada grupo tem tarefas a cumprir, determinada pelo professor responsável. 

A professora Cris do 5º ano realiza um trabalho de orientação sobre alimentação balanceada, verificando quais os alimentos adequados, seu custo e produção.



A turma do 7º ano tem uma aula de campo com o professor Henrique para conhecer as Feiras Medievais e as especiarias. 




Como não poderia faltar, a professora Chei de matemática, acompanha a turma do 9º ano, trabalhando medidas e pesos, além da regulamentação do trabalho, formas de pagamento e fidelização do cliente. Os alunos adoram e participam ativamente, porque entendem que nada melhor do que a atividade prática para ampliar o conhecimento.






Filosofia do Villa

Imagem
No Villa, temos como um dos nossos pilares a defesa de que diversas opiniões podem sempre conviver em harmonia. Essa filosofia de trabalho evidencia-se tanto nas aulas de Filosofia, como também nas de Matemática, Português, Inglês, na cantina e, principalmente, nas conversas entre colegas pelos corredores agitados do colégio.
No Villa, transitam alunos, professores e funcionários com ideias de todos os tipos, somando-se na elaboração de uma visão mais ampla e complexa sobre o mundo.
Os nossos alunos estão inseridos em um ambiente propício para o crescimento intelectual, espaço esse , desenvolvido diariamente com a colaboração de profissionais que almejam participar da formação de jovens íntegros, preparados para compreender o mundo que vivem e prontos para refletir sobre as principais questões da humanidade.
Sabemos que desafios postos para essa nova geração não são fáceis, temos pela frente sérias questões para resolver e que, por serem novidades, não há muito consenso. Podemos pontuar a…

Roda de Histórias

Imagem
Essa manhã, logo que entrei no Villa, a Mariana minha aluna me perguntou: Tia Elaine, hoje você conta uma história pra mim?   Ela me pegou no pulo !! Danadinha! sabe que eu amooooo contar histórias.  Não só contar, mas ouvir também. Sim, a criança que mora em mim ainda adora   histórias com final feliz. Gosto também das histórias que, apesar de não terminarem com um final feliz, nos fazem pensar. O momento da roda de história no Villa é um muito esperado pelas crianças e é prazeroso.  Leva a criança a fantasiar, imaginar e criar. Desde cedo, elas têm interesse pelo mundo colorido, pelo irreal que se transforma num piscar de olhos em real.

No Villa Lobos desenvolvemos vários tipos de atividades relacionadas a contação. Com o tempo a curiosidade e o interesse da criança vai aumentando e a capacidade de imaginar vai ficando mais intensa.
Cabe a nós professores, através da roda de histórias, intermediar o mundo real com o mundo imaginário e propiciar momentos que desenvolvam a imaginação e a …